Geografia da Amizade

Geografia da Amizade

Amizade...Amor:
Uma gota suave que tomba
No cálice da vida
Para diminuir seu amargor...
Amizade é um rasto de Deus
Nas praias dos homens;
Um lampejo do eterno
Riscando as trevas do tempo.
Sem o calor humano do amigo
A vida seria um deserto.
Amigo é alguém sempre perto,
Alguém presente,
Mesmo, quando longe, geograficamente.
Amigo é uma Segunda eucaristia,
Um Deus-conosco, bem gente,
Não em fragmentos de pão,
Mas no mistério de dois corações
Permutando sintonia
Num dueto de gratidão.
Na geografia
da amizade,
Do amor,
Até hoje não descobri
Se o amigo é luz, estrela,
Ou perfume de flor.
Sei apenas, com precisão,
Que ele torna mais rica e mais bela
A vida se faz canção!

"Roque Schneider"


Quem sou eu

Salvador, Bahia, Brazil
Especialista em Turismo e Hospitalidade, Geógrafa, soteropolitana, professora.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Dilma na ONU: Emergentes estão prontos a ajudar países desenvolvidos


A presidente Dilma Rousseff discursou na manhã desta quarta-feira na abertura da Assembleia Geral da ONU e afirmou que os emergentes estão prontos a ajudar os países desenvolvidos a sair da crise. Ela disse que faltam recursos políticos para o “mundo velho” e citou o desemprego como uma “praga”.
"Enquanto muitos governos se encolhem, a face mais tenebrosa da crise, o desemprego, se amplia", afirmou, citando o desemprego na Europa e nos Estados Unidos. " É preciso combater essa praga e evitar que se espalhe", completou.
Segundo Dilma, a crise econômica global representa o risco de uma ruptura econômica e social, mas também é uma oportunidade histórica para que haja um novo tipo de cooperação entre países emergentes e desenvolvidos.
No primeiro discurso proferido por uma mulher, Dilma afirmou ainda que é preciso impedir a manipulação do câmbio em políticas expansionistas e o protecionismo comercial.
"O protecionismo e todas as formas de manipulação conferem maior competitividade fraudulenta. Senhor presidente, o Brasil está fazendo sua parte. Com esforço e muito sacrifício, o nosso mais país está tornando menores os gastos público", disse.
Da Agência O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário